Secretaria de Cultura no Twitter  Secretaria de Cultura no YouTube  Secretaria de Cultura no Facebook

Programação cultural 


Por local


Por data
     

Por área

buscar

Brasil e a transformação da paisagem

Fotógrafo José Caldas expõe no Museu Histórico Nacional

19.05.2011 a 26.06.2011 deixe aqui seu comentário

Cena do Rio Solimões em época de cheia

Cena do Rio Solimões em época de cheia  (Crédito: José Caldas)

Impressas em grandes formatos, as imagens captadas por José Caldas – fotógrafo de natureza com 20 anos de estrada e livros publicados sobre o rio São Francisco, Mata Atlântica, Serra do Cipó, Serra da Mantiqueira, entre outros - estarão expostas no Museu Histórico Nacional, na Casa do Trem, a partir do dia 20 de maio, revelando um Brasil de paisagens múltiplas e em transformação continua, seja pela degradação do garimpo em Rondônia ou pelo ciclo natural das águas no rio Solimões. Trata-se da exposição Brasil e a transformação da paisagem, em cartaz até o dia 26 de junho, que nos faz lembrar que a realidade sempre se transforma.

Com curadoria de Ângela Magalhães e Nadja Peregrino, a exposição Brasil e a transformação da paisagem, que integra a FOTORIO 2011, traz ao público do Rio de Janeiro um recorte de 52 imagens da obra do fotógrafo sergipano José Caldas, reconhecido como um dos mais importantes documentaristas da natureza brasileira em atividade, autor de onze livros sobre temas ambientais e culturais nacionais e presidente da AFnatura – Associação Brasileira de Fotografia de Natureza.

Viajar pelo interior do Brasil pode proporcionar experiências das mais variadas e revelar cenários e situações surpreendentes. Nas fotos expostas – muitas delas em grandes formatos, de até 2,7 metros de largura –, esse sentimento salta das paredes, somando-se a ele uma viagem no tempo, que reflete as transformações ocorridas em um período intenso e recente da história do País, equivalente aos 20 anos de formação do acervo de José Caldas.

A forma que Caldas encontrou para se posicionar diante desse dilema histórico foi colecionando imagens, tecendo com isso o mapa iconográfico de um Brasil particular. Seus registros focam a natureza e a presença humana no território, no que ele próprio prefere denominar “documentação geográfica”. Retratos do que está em vias de extinção, do que é novo, do que merece ser preservado. Do que é emblemático de cada contexto ou simplesmente de cenas expressivas que se apresentam à sua frente, sem explicação. Suas fotos são documentos que se agregam ao patrimônio de imagens da nação, não só pelo que documentam, mas por expressarem a visão do artista.


 indique para amigo         versão para impressão

 permalink

Compartilhe:   facebook   twitter   orkut   delicious   digg   technorati   google   stumbleUpon

Área(s)

Fotografia

Cidade(s)

Rio de Janeiro

serviço

De 19 de maio até 26 de junho || De 3- a 6- Feira - das 10h às 17:30 h || Sábados, Domingos e Feriados - das 14:00h às 18:00 h


Local:

Museu Histórico Nacional

Outras informações:

Praça Marechal Âncora - S/N - Próximo à Praça XV
20021-200 - Centro - Rio de Janeiro || Tel.: 25509220 / 25509224 || R$: 6,00

tags

natureza

comentários

Não há comentários até o momento.


* campos obrigatórios














500 caracteres restantes


Digite os caracteres que aparecem na imagem abaixo:

Verificação